quinta-feira, setembro 29, 2005

E vivam os telemóveis!


O livrinho vermelho da competitividade

Surpresa!
O Relatório da Competitividade elaborado pelo Fórum de Davos coloca Portugal num honroso (como se diz na gíria futebolística) 22º lugar, e a subir! - um ganho de duas posições face ao ano anterior, e à frente da Irlanda (26º),da Espanha (29º) e da França (30º). Notícia no jornal "Público" (restrita a assinantes).

É um resultado paradoxal, numa altura em que vários indicadores da saúde económica nacional se degradam, mas é preciso ter em conta os movimentos dos outros países, bem como os critérios utilizados para a elaboração do ranking (disponíveis aqui) .

Para compreender este paradoxo, também ajuda uma olhadela pelo melhor que Davos cá encontrou:
      - liberdade de imprensa (4º lugar)
      - transferência de tecnologia (3º)
      - índice geral de tecnologia (20º)

e pelo que Davos viu de pior:
      - escassez de cientistas e engenheiros (49º)
      - desperdício de dinheiros públicos (58º)
      - formação do pessoal (59º)
      - estabilidade macro (64º)
      - centralização excessiva (70º)
      - excesso de burocracia (77º)
      - qualidade ensino (mat. e ciência) (81º)
      - expectativa de uma recessão (103º)

O "Público" também salienta que houve alterações da própria metodologia, com reforço da componente tecnológica. Logo aí Portugal fica a ganhar, dada a elevada taxa de penetração de telemóveis. Resta saber é se o facto de termos um telemóvel por cada português, ou uma grande liberdade de imprensa, vai atrair mais investidores...

Ranking da competitividade
 
País
 Posição
2005 
 Pontos
2005 
 Posição
2004 
 Finlândia
1
5,94
1
 EUA
2
5,81
2
 Suécia
3
5,65
3
 Dinamarca
4
5,65
5
 Taiwan
5
5,58
4
 Singapura
6
5,48
7
 Islândia
7
5,48
10
 Suíça
8
5,46
8
 Noruega
9
5,4
6
 Austrália
10
5,21
14
 Holanda
11
5,21
12
 Japão
12
5,18
9
 Reino Unido
13
5,11
11
 Canadá
14
5,1
15
 Alemanha
15
5,1
13
 Nova Zelândia
16
5,09
18
 Coreia do Sul.
17
5,07
29
 Emirados Árabes Unidos 
18
4,99
16
 Qatar
19
4,97
n/a
 Estónia
20
4,95
20
 Áustria
21
4,95
17
 Portugal
22
4,91
24
 Chile
23
4,91
22
 Malásia
24
4,9
31
 Luxemburgo
25
4,9
26
 Irlanda
26
4,86
30
 Israel
27
4,84
19
 Hong Kong
28
4,83
21
 Espanha
29
4,8
23
 França
30
4,78
27

3 comentários:

Anónimo disse...

Ah, já estava a achar estranho Potugal ficar à frente da Espanha e França assim sem mais nem menos...

dos ∫antos disse...

Pior do que isso tem sido o uso do "Portugal ultrapassa Espanha" como se fosse o mais importante...

E isto com um estudo tão subjectivo...

homemDASneves disse...

nao esquecer a mao de obra barata e abundante. Em pt e na finlandia.