terça-feira, agosto 02, 2005

Simetrias


Diz "O Acidental" que «boa parte das pessoas continua a ligar automaticamente liberalismo e economia. É como se houvesse um cordão umbilical entre o liberal e o guito. O liberal, nestas mentes reaccionárias – à esquerda e à direita - é o tipo que sonha com cifrões, é o ser infame que rouba a esmola do ceguinho da esquina, é aquele que cobra cem paus à velhinha quando esta pede ajuda para atravessar a rua.«»

Concordo. Mas - se bem entendo o significado da expressão "mentes reaccionárias" - tão reaccionárias como essas pessoas, são as que confundem o estado-social com o comunismo, vendo o "caminho para a servidão" em toda e qualquer medida intervencionista do Estado. Para certos auto-apregoados liberais, o intervencionista é um ser infame que rouba aos empresários a riqueza que estes criam, para a distribuir por um bando de velhinhas preguiçosas.

2 comentários:

Auto-apregoado liberal disse...

Caro Bloger.
Perante esta sua afirmação, “Para certos auto-apregoados liberais, o intervencionista é um ser infame que rouba aos empresários a riqueza que estes criam, para a distribuir por um bando de velhinhas preguiçosas.” Permita-me fazer-lhe algumas correcções.
Quanto à primeira parte da sua frase, estou inteiramente de acordo, relativamente à segunda, queira corrigir para “… para a distribuir uma um bando de lobis que gravitam à sua volta e que fazem pressão de todas as formas para arrecadar o maior quinhão do valor compulsivamente retirado à economia privada. São eles as associações sectoriais, regionais e profissionais, os sindicatos, as ordens e os lobis da mais variada forma. Por ultimo os próprios partidos, por via do seu financiamento através dos mesmos lóbis que receberam a sua quota-parte do bolo”. Depois desta correcção concordo inteiramente com a sua frase.
Assinado um auto-apregoado liberal

Vitor Manuel disse...

Estou de acordo com a analise.