segunda-feira, janeiro 31, 2005

Julgamento de Saddam Hussein


« (...) Finalmente, qualquer tribunal que considere acusações criminais contra Saddam Hussein deve ter o poder e o mandato de considerar acusações contra líderes e pessoal militar dos Estados Unidos, Grã-Bretanha e as outras nações que participaram na agressão ao Iraque, para que a igualdade de justiça perante a lei tenha qualquer significado. Nenhum poder ou pessoa pode estar acima da lei. Para que haja paz, os dias da justiça do vencedor devem terminar.»

Ramsey Clark
(ex-Procurador-Geral dos EUA)
jornal Público

1 comentário:

asa disse...

Sera' por isso que e' um ex?